Anticítera Schwarzbrunn O Uraguai - Basílio da Gama - Anticítera
Ref.: RRAGH4Y73 | Disponibilidade: 2 dias úteis

O Uraguai - Basílio da Gama

R$ 49,90
Descrição do produto

“O Uraguai”, de 1769, é um poema épico com apenas cinco cantos, 1377 versos brancos e com notas do autor. Narra as várias disputas entre portugueses e espanhóis contra as companhias jesuíticas e os índios com o objetivo de fazer valer o Tratado de Madri, de 1750, que determinava que a Colônia dos Sete Povos das Missões, pertencente à Espanha, passaria ao domínio português, em troca de Portugal ceder a Colônia do Santíssimo Sacramento. Entretanto, os jesuítas que dominavam a região não aceitaram o acordo, o que levou portugueses e espanhóis a unirem forças sob o comando do Conde de Bobadela (Gomes Freire de Andrade).

O objetivo inicial do poema é demonstrar a grandiosidade dos heróis europeus contra os primitivos que viviam à margem do Rio Uruguai, não só por questões econômicas, mas também vigorava a velha ideia da civilização contra a barbárie, um paradoxo iluminista

entre trazer a luz da razão àqueles povos primitivos e a exaltação das qualidades naturais do bom selvagem. Não é à toa que o índio Cacambo ganhe mais destaque que Catâneo, e as descrições da índia Lindoia chamem mais a atenção do leitor do que a própria guerra.

Por isso, muitos consideram que “O Uraguai” falha como uma epopeia clássica, principalmente devido ao lirismo acentuado em muitos versos. Antonio Candido comenta que é uma “obra bastante complexa do ponto de vista dos intuitos e diretrizes, embora simplificada ao máximo na textura, pelas qualidades estilísticas do poeta. É um erro considerá-la uma epopeia, não se devendo perder de vista que é, primeiramente, lírica; em seguida, heroica; finalmente, didática.”



Especificações técnicas

16X23 cm

80 páginas

Receba novidades e ofertas incríveis!